html PUBLIC "-//W3C//DTD XHTML 1.0 Strict//EN" "http://www.w3.org/TR/xhtml1/DTD/xhtml1-strict.dtd"> "...estórias...do Fogareiro": Abril 2009

tocha.gif

quinta-feira, abril 30, 2009

Futebol antigamente (I)

Esta foto pertence a uma colecção de cromos de 1978-79, chamada «Campeões "79" e mostra uma das equipas do Vitória de Setúbal dessa época...
Em cima, da esquerda para a direita: Silvino (gr), Caíca, Martin, Rebelo, José Mendes, e Vítor Baptista. Em baixo: Palhares, Vítor Madeira, Mário Ventura, Narciso, e Pedrinho.
Bons tempos. Outros tempos.
[ ouvindo mp3... Jon Bon Jovi - "Never say goodbye" ]

A cabeleireira e o ladrão

Um homem tentou assaltar um salão de cabeleireiro na pequena cidade russa de Meshchovsk. O ladrão não contou porém com uma surpresa: a dona da loja. Olga, de 28 anos, cinturão amarelo em karaté, conseguiu subjugá-lo e divertiu-se depois ao fazê-lo seu prisioneiro e torná-lo escravo sexual por, ao que tudo indica, três dias. Mais: quando o ladrão dava sinais de cansaço, dava-lhe Viagra...
Há detalhes importantes nesta história que a notícia do primeiro "post" não conta. Por exemplo, Olga não estava sozinha no cabelereiro quando apareceu o bandido, mas com mais empregados do estabelecimento. Depois de dar umas lambadas e imobilizar o bandido, prendeu-o num dos armazéns do cabelereiro, e disse aos colegas: "Podem ir embora para casa, que eu trato de chamar a Polícia". Era uma sexta-feira e a confiança dos colegas nas habilidades marciais de Olga e de esta poder dar conta do recado eram totais, tanto que nem pestanejaram e foram-se embora, dando a esta mulher a liberdade de abusar do ladrão."Baixa essas cuecas, seu cabrão! Ou queres que chame a Polícia?!", ameaçou.Depois prendeu o homem pelos pulsos ao aquecedor, com uns laços cor-de-rosa. Para além do Viagra que Olga obrigou o homem a engolir, para que pudesse ter uma erecção permanente durante esses três dias, a cabelereira deu-lhe comida, nos intervalos do sexo.Na segunda-feira, depois de estar saciada - não se sabe se terá ido a casa nesse tempo, ou se ali terá permanecido -, despachou o homem da seguinte forma: "Desaparece ó anormal!"O ladrão foi depois para o hospital para se tratar das dores que sentia no pénis e, mais tarde, apresentou queixa na Polícia.É de notar o ar ofendido de Olga quando a Polícia apareceu para a prender, quando afirmou: "Sacana duma figa! Sim, tivémos sexo umas duas vezes, mas eu até lhe dei de comer e comprei-lhe uns "jeans" novos. Sem falar dos mil rublos (30 euros) que também lhe dei!"O homem estava armado e, sinceramente, acho que mereceu as lambadas marciais que apanhou. Penso que o que nos intriga verdadeiramente, e daí o sucesso desta notícia pelo mundo, é o facto de o homem ter mantido uma erecção contra a sua vontade, mesmo com a ajuda do Viagra. É algo que julgamos impossível. Deve haver aí muito detalhe nesta história que escapou até agora.
[ ouvindo mp3... Nazareth - "Love hurts" ]

Gripe suína

O vírus está a disseminar-se e não se manifesta qualquer tipo de abrandamento... e estas palavras não são minhas mas sim de um responsável da O.M.S. (Organização Mundial de Saúde). Por cá os nossos governantes dizem que Portugal está preparado para o vírus... Portugal está preparado para enfrentar uma pandemia e entretanto é declarado o nível 5 de segurança, numa escala de 6. Portugal continua preparado segundo os mesmos governantes.
Entrementes como já não acredito nestes governantes...
Deus queira que não chegue cá.
[ ouvindo mp3... Royal Hunt - "Help us God" ]

quarta-feira, abril 29, 2009

"Twitter" e pronto...

[ ouvindo mp3... Scorpions - "Send me an angel" ]

terça-feira, abril 21, 2009

Desportivismo

Ajax - Den Haag

Existem situações na vida que nos fazem acreditar que é sempre possível sermos melhores do que somos ! Temos aqui um bom exemplo: Durante um jogo de futebol, na Holanda, um jogador da equipa de vermelho - o Ajax - sofreu uma falta e ficou magoado, caído no chão. Um dos jogadores da equipa adversária - equipada de amarelo - como é hábito, atirou a bola para fora para que o jogador magoado fosse atendido. Quando o jogador ficou recuperado o lançamento pertenceu ao Ajax (de vermelho) e, como manda o desportivismo, um jogador do Ajax tentou devolver a bola para o campo do adversário. Só que o fez de forma desajeitada e, sem querer, acabou por meter golo! Todos, incluíndo o jogador que, sem querer, meteu golo, ficaram atrapalhados. Mas o árbitro considerou o golo válido! A bola voltou ao centro para o jogo ser retomado com aquele injusto resultado. Foi nesse momento que os jogadores do Ajax, com grande espírito desportivo, rapidamente tomaram uma resolução: Ficarem todos quietos para permitir à equipa adversária - os de amarelo - fazerem eles também um golo para repôr a justiça no resultado. E foi isso que aconteceu!!! É impressionante o sentido de justiça da equipa do Ajax - de vermelho - e o bom entendimento entre todos eles para que nenhum se movimentasse. Eles queriam ganhar, mas a vitória teria que ser 'limpa' e 'justa'!

Quem sabe se chega também à Assembleia da República, ao
Governo, aos Tribunais... Todos precisamos de aprender com exemplos de
honestidade...

(obrigado ao António Oliveira)

[ ouvindo mp3... Queen - "We are the champions" ]

O estado do sítio, versão 2.1

A "palhaçada" continua... depois de toda a gente de topo e mais alguns e amigos desses alguns e outros que tais terem roubado "á descrição", eis senão que chega a Taxa Multibanco BPN, a qual já começou a cobrar. O BPN que agora é gerido pela CGD que por sua vez é do Governo deste País cada vez mais mal frequentado e longe de ser um sítio bom para se viver, dizia eu... eles cobram uma comissão por cada levantamento, isto porque não têm protocolo com a SIBS. Assim sendo é considerado cash-advance, tal como quando se levanta dinheiro a crédito. Esta gente ainda tem uma quantidade de caixas MB... ainda.
Salve-se quem puder... o sítio está completamente a saque enquanto quem (des)governa este sítio lamacento e nauseabundo assobia para o lado alegremente. Foi essa mesma gente que transformou um sítio lindo num sítio lamacento, nauseabundo e perigoso.
[ ouvindo mp3... Xutos e Pontapés - "Perfeito vazio" ]

Susan Boyle... uma lição.

Num programa britânico de caça talentos, Susan Boyle uma escocesa de 47 anos, dizendo-se virgem e feia encantou a platéia e deixou os jurados de boca aberta. O resultado "da coisa" foi mostra-nos quanto somos tolos, crueis e "gozões" ao rapidamente julgarmos pela aparência… é tão fácil fazer chacota de alguém. Depois, só visto. Que sirva de lição...

[ ouvindo mp3... Susan Boyle - "I dreamed a dream" ]

segunda-feira, abril 20, 2009

A perda dos valores

Durante os últimos anos e ultimamente com uma maior incidência, verfico "aparvalhadamente" que Portugal tem vindo a assistir a uma perda de valores e interesses nacionais colectivos, assim como a nível de pessoas, esses mesmo valores já há muito que desapareceram. Fantástico.
Felizmente que nem todas as pessoas perderam a noção do que são os verdadeiros valores e a sua "aplicação". O resto... é "filme"... Valores? Onde estão eles hoje?
Verifica-se na sociedade actual uma incrível perda de valores, que se traduz em vidas cada vez mais desorientadas e vazias. Mas pior que a perda de valores é a adopção de novos valores, que nos levam a estilos de vida fáceis, vulgares, frívolos, iludidos, também eles vazios.
Perda de valores. Fantástico.
[ ouvindo mp3... ACDC - "Stormy may day" ]

É ou não é...?

Falta-me paciência para escrever coisas sérias. Depois escrevo coisas banais cheias de futilidades. Depois apago e não publico. O que queria realmente escrever não sai porque não quero publicar. Tenho medo de publicar algumas verdades... é verdade, após 30 anos de liberdade democrática (??) chegou-me o medo de publicar coisas mais sérias... pelo menos hoje estou nesses dias.
As futilidades todos leiem o todos acham "porreiro", até porque ás vezes tende para a "cusquice", esse dom fantástico que temos para nos dedicarmos à "cusquice" e satisfaz o "ego"; as coisas sérias na maioria das vezes vão direitas "ao assunto" e tratam "os bois pelos nomes", isso ás vezes não é "viável" e...
É melhor um "gajo" não publicar algumas verdades que podem ferir algumas susceptibilidades, mas que não é por isso que são menos verdades.
É ou não é...?
[ ouvindo mp3... UHF - "Cavalos de corrida" ]

sábado, abril 18, 2009

"Sem eira nem beira"

[ ouvindo mp3... Xutos e Pontapés - "Sem eira nem beira" ]

quinta-feira, abril 16, 2009

BIENAL do AZEITE (Castelo Branco)


[ ouvindo mp3... Coldplay - "Viva la vida" ]

domingo, abril 12, 2009

A estória do que sei e do que não sei

Gosto de falar do que vejo e sei, mas gosto imenso daquelas coisas que existem, mas que não me foram apresentadas. Gosto acima de tudo, aquilo que ainda não aprendi. E gasto muito do meu tempo pensando nas coisas que não sei e concluindo coisas a respeito delas... ás vezes tão erradamente. "Ossos do ofício...". A minha "cabecinha pensadora" chega a essas coisas com a mesma facilidade e intimidade com que chega às coisas que me cercam e às certezas que tenho. As coisas que tenho são poucas, o tempo que tenho é diminuto, a vida é curta demais, por isso contemplo mundos sem espaço e tempos sem fim. Quero que tudo o que não sei se misture com coisas que sei. Rápidamente, porque... o tempo é cada vez mais curto.
[ ouvindo mp3... Tears for Fears - "The hurting" ]

Se eu pudesse...

Se eu pudesse transformava-me numa pessoa sem passado e sem futuro; depois iria para um lugar esquisito onde não entendesse a língua do povo, ninguém entenderia a minha e ninguém me conseguiria fazer sofrer, pois a capacidade de sofrer é um bem pessoal e intransmissível. Seríamos todos, assumidamente, estranhos, como somos se morarmos num prédio com "n" andares, no local de trabalho, dentro da nossa própria família... ás vezes até quando moramos na nossa "santa terrinha".
Pensam que as pessoas se conhecem só porque telefonam umas ás outras, tomam café ou jantam juntas?
[ ouvindo mp3... Jason Mraz - "Only human" ]

sábado, abril 11, 2009

"True colours"


[ ouvindo mp3... Cyndi Lauper - "True coulours" ]

quinta-feira, abril 02, 2009

Uma estória de inquietação

Cada vez mais sinto no dia a dia a insegurança e a injustiça. Cada vez mais me revolto contra o cinismo das pessoas que estão na política quer seja como "free lancers" de passagem ou como "profissionais daquela arte"... sim porque a política é uma arte, arte essa que não está ao alcance de todos, sómente dos "iluminados".
Isto a propósito da (in)segurança de pessoas e bens, de nós enquanto pessoas e dos nossos bens (se é que ainda temos alguns). Como é possível que um governante da área da segurança venha a "terreiro" dizer-nos que sim senhor o panorama do crime, esse sim, se modificou e que agora existem outro tipo de crimes e que depois nos "acerte no coração com uma bala de desdém", dizendo que não senhor, o índice de criminalidade não aumentou não senhor e mais, estamos todos muito mais seguros.
Revolto-me contra este tipo de afirmações. Então mas somos todos burros ou quê?
Mata-se por "dá cá aquela palha" (veja-se o caso do agente de seguros que ia a sair de um banco e o facínora que ia assalar esse banco o alvejou de morte, porque achou que o "desgraçado" era polícia), mata-se por roubo e agora também por desporto. Regula-se tudo e mais alguma coisa, somos perseguidos por sermos honestos e deixa-se "ao Deus dará" e de arma em punho, os marginais. E depois vem um governante passar-me um atestado de burro... isto é fantástico.
Quem julgam aqueles "senhores" que nós somos...?
Cidadãos de pleno direito não.
Somos números e que se "phodam" os números. É isto a segurança e justiça que temos.
Estou e continuarei por demais, muito inquieto...
[ ouvindo mp3... Zeca Afonso - "Inquietação" ]

O estado do sítio, versão 2.0

Será possível que neste pequeno e mal frequentado País, onde nasci e cresci, haja estórias destas? Faço a pergunta e dou a resposta. É possível sim, neste País mal frequentado é possível tudo e mais alguma coisa.
A estória é rápida.
Um "gajo" vai a uma consulta de cardiologia. Vai a essa consulta num consultório particular a funcionar numa clínica. Paga 70 euros pela consulta à senhora doutora que veio da "aldeia grande" ou Lisboa como queiram chamar-lhe e... começam a acontecer coisas.
Primeiro a senhora do atendimento confere a marcação, recebe o dinheirinho, passa o recibo (também era melhor não passar) e logo ali esquece de fazer a ficha para o gabinete da senhora doutora que veio de Lisboa, que faz com que o "gajo" seja chamado pela ordem.
Segundo como a ficha não está feita, logo não chega à senhora doutora que veio de Lisboa e o "gajo" começa a ficar para o fim, com espanto.
Terceiro, ás "tantas o gajo" sente mais uma daquelas quebras de tensão que nem sequer sabe se é a subir, se é a descer, o que sente é que está no chão "não tarda nada".
Quarto, quando é chamado mais um doente, esse mesmo doente diz à senhora doutora que veio de Lisboa "...sra. dra., dou a vez a este senhor... ele está a sentir-se muito mal...". Pura cortesia e solidariedade humana do doente "ali ao lado".
Quinto, qual não é o espanto do "gajo", quando a senhora doutora que veio de Lisboa diz alto, bom som e com arrogância "... Se está mal, vá para a urgência... isto aqui não é a urgência...".
Sexto, o "gajo" levanta-se, chega á porta e diz para a senhora doutora que veio de Lisboa "... sra. dra., senti-me mal aqui... até já paguei a consulta... se quiser consultar, consulte, senão eu vou embora... já...".
A senhora doutora que veio de Lisboa mudou de atitude para com o "gajo"... no entanto, a imagem que ficou a "bestice" duma pessoa, que estava a ser paga para ser médica e não um ser "irracional".
Mais uma deste País tão mal frequentado. Já não chega a prepotência dos políticos, da Administração Fiscal e seus "derivados", não basta não haver segurança e até já na saúde (como em todas as profissões há bons e maus) aparece uma "coisa" destas. A senhora doutora que veio de Lisboa, a senhora doutora que trata de corações devia moderar a sua verborreia para com o "gajo". Devia ter sido também mal-tratada, porque neste País cada vez mais mal frequentado, cada vez mais "com quem ferro mata, com ferro morre".
Felizmente ainda há "gajos" que embora não pareça, até estão calmos. Arre.
[ ouvindo mp3...Matchbox 20 - "Leave" ]

quarta-feira, abril 01, 2009

"Curral de Moinas"

[ ouvindo mp3... Carlos Paião - "Pó de arroz" ]


"Blog Powered" por BLOGGER.COM

"Blog Equiped" com HERACLEUM blog & web tools ; CBOX.ws ; ClokLink ; GEOLOC ; ShinyStat ; BRAVENET.com ; METEORED.com ; Altavista BABELFISH ; TOP-REFERERS ; ASK GAMBLERS ;

"Blog Template" por Douglas Bowman

"Blog Tunning" por Octavio Serrao AKA Fogareiro

"Blog Dedicated" ao meu filho MARCOS ANDRÉ e ao meu pai "MESTRE" JOAQUIM SANTOS

"Blog also Dedicated" a restante familia e melhores amigos

SCP.gif aac1.jpg