html PUBLIC "-//W3C//DTD XHTML 1.0 Strict//EN" "http://www.w3.org/TR/xhtml1/DTD/xhtml1-strict.dtd"> "...estórias...do Fogareiro": Novembro 2007

tocha.gif

quinta-feira, novembro 29, 2007

Bombardeios publicitários

O dinheiro nunca chega para o que precisamos e desejamos mas parece nunca faltar para o que sonhamos...
"Tapa-se" de um lado e obviamente,"destapa-se" de outro e lá se continua a fazer vida de "rico" quando se está "teso" ou para lá se caminha...
E está aí a chegar mais uma altura de consumismo "á toa" com prendas e prendinhas e coisas e coisinhas ; não é que eu seja contra oferecer ou receber uma prenda,o que sou é literalmente contra a forma "assassina" e desabrida com que nos bombardeiam com publicidade ás prendas,no caso,aos créditos fáceis,aos produtos para...,aos produtos para ajudar os produtos para...,aos actiméis,aos adelgaçantes e ao sei lá o quê.
É que..."ele" nunca chega...mas parece nunca faltar...e depois!?
Literalmente contra bombardeios publicitários.
[ ouvindo mp3...Zeca Afonso - "Venham mais cinco" ]

Um grande amigo...José "Banana" Alves













Um grande amigo,um daqueles grandes amigos...antigo colega do gabinete técnico,topografo,antigo forcado dos Amadores de Vila Franca,"bon vivant",apreciador de um bom almoço ou jantar,um bom vinho,um bom whisky...sportinguista "dos quatro costados"...amigo do amigo André Bicó,de Serpa,também ele antigo forcado do grupo de Vila Franca.
Irmão do hoquista Pedro Alves ( ainda hoje guardo religiosamente a camisola nº 8 da selecção nacional de hóquei em patins,campeã da Europa,oferecida "via Zé"... ) ; temos "pendente" o projecto da tua casa no Porto Alto,tantos incomodos,tantos telefonemas e o meu tempo sempre a fugir,sempre a escassear.
A minha homenagem a ti...com um fotozita de quando eras um "puto" e as outras em mais um dia nas arenas.Um grande amigo e pronto.
[ ouvindo mp3...Queen - "Friends,will be friends" ]


De João César das Neves...

(…) não há dúvida que numa grande parte dos blogs, mensagens, comentários e sites de debate dominam o pedantismo e a grosseria, maldade e despeito, vacuidade e a mais pura e prístina estupidez.(…) a Net tende a trazer ao de cima os instintos mais baixos dos que a frequentam. Uma prova desse facto é que muita gente põe em blogs e e-mails coisas que teria vergonha de dizer ao telefone, escrever numa carta ou publicar em jornais ou livros. Aliás vê-se que, interpelado ou confrontado com o que escreveu, frequentemente o autor cai em si e admite ter-se deixado levar pelo meio. O que prova que existe algo nessa forma de comunicação que motiva o dislate.(…)Perante um choque, como ao nascer de um novo continente ou forma de comunicação, a tradição é pulverizada. Então, no Far West e Internet, como nas revoluções, uma sociedade vive algum tempo com uma estrutura cultural mínima, que não chega para orientação. Nessas fases da História, e enquanto não se criam novos quadros de referência, vêm ao de cima os instintos mais básicos e boçais. É isso que por enquanto se vê na Net, apesar dos esforços intensos que um dia conseguirão civilizá-la.
...ora aí estão excertos de uma entrevista de João César das Neves ao DN...
Meu caro João,concordo com parte,não concordo com outra...
Meu caro João,é por isso mesmo que no meu blog estou identificado...
E "mai" nada...
[ ouvindo vinilo...Nazareth - "Freewheeler" ]


"Loud 'N' Proud" dos Nazareth de 1973.
Com os temas "Go Down Fighting","Not Fakin' It","Turn On Your Receiver","Teenage Nervous Breakdown","Freewheeler","This Flight Tonight","Child In The Sun" e "The Ballad Of Hollis Brown".
Enquanto procurava umas coisas no fundo do baú para juntar a um processo que estou a "construir",aparece-me o disco em vinilo dos Nazareth.
Como é que foi parar "alidassim" ao fundo do baú...?? Agora vou ter que ouvir o vinilo todo,com aqueles saltos da agulha do gira-discos e tudo...boa.
[ ouvindo vinilo...Nazareth - "This flight tonight" ]

Indiana Jones IV


Já andam por aí,umas fotos do novo filme da série Indiana Jones com Harrison Ford...eu já estava "desperado"...
[ ouvindo mp3...Nazareth - "I will not be led" ]

De onde...?

Eu não sou daqueles que acredita que "a gente vai" e depois "volta noutro tempo"...não sou desses e pronto.
Mas voltei a ter a mesma sensação...De onde é que eu conheço?
A outra pessoa diz "também conheço,não sei é de onde,nem como...e não sou dessas pessoas de acreditar em..." ;
Pois é,explicação difícil.
Aconteceu-me uma vez,segunda e a última vez que a vi...cada vez que vejo a pessoa..."Conheço-a...mas de onde...?"
"Ele" há coisas.
[ ouvindo mp3...The Waterboys - "Buckets of rain" ]

"Fisherman's blue"

I wish I was a fisherman
tumblin' on the seas
Far away from dry land
and its bitter memories
Casting out my sweet line
with abandonment and love
No ceiling bearin' down on me
Save the starry sky above
With light in my headyou in my arms
Woo!

I wish I was the brakeman
on a hurtlin' fevered train
Crashing a-headlong into the heartland
like a cannon in the rain
With the beating of the sweepers
and the burnin' of the coal
Counting the towns flashing by
in a night that's full of soul
With light in my head
you in my arms
Woo!

Tomorrow I will be loosened
from bonds that hold me fast
That the chains all hung around me
will fall away at last
And on that fine and fateful day
I will take thee in my hands
I will ride on the train
I will be the fisherman
With light in my head
you in my arms

Light in my head
You in my arms
[ ouvindo mp3...The Waterboys - "Fisherman's blue" ]

quarta-feira, novembro 21, 2007

Uma estória dum "puto" amigo

"O telefone não tocou uma única vez em três meses...",dizia-me há dias um "puto" amigo,licenciado com média alta por uma das melhores escolas superiores de saúde..."...Mas afinal há falta de profissionais de saúde aqui e ali,por todo o lado...mas há falta de profissionais de tudo e mais alguma coisa e o telefone não toca,nem para mim,nem para os meus colegas,nem para o amigo do meu amigo que é doutra área,também ela importante...não entendo...",continuava ele ;
Eu mudo,ouvia...
"...mas assim é que se combate o desemprego...? ...com mais desemprego...? ...o que é certo é que a minha geração não vai desistir de lutar...que acha você disto...?,continuava ele ;
Eu mudo,encolhi os ombros...
"...tretas,é tudo tretas...é a precaridade e o que é pior é o não acesso temporário a essa mesma precaridade...tretas...tretas nas palavras dos políticos...mas não desisto de lutar...e um dia vou-me embora para outro País,onde me tratem a mim e aos meus colegas todos,como gente...não acha...?" ;
Eu consegui retorquir,a custo...
"...sim,pois...que te posso dizer eu? ...olha,nunca desistas de lutar e se algum dia apanhares o ministro da saúde acamado,dá-lhe uma injecção de água-rás e se acamar o ministro dos transportes dá-lhe uma de gasóleo e por aí adiante...desculpa,estou a brincar...sê profissional e íntegro,tu e os teus amigos e colegas e verás que isso magoa os políticos muito mais que uma injecção de qualquer coisa..." ;
"...pois,eu e eles seremos sempre profissionais e íntegros...só é pena não termos tirado licenciaturas de marceneiros,cabouqueiros,electricistas e afins...fazem falta profissionais nessas áreas e era bem melhor...mas vamos á luta...",rematou o "puto" amigo.
Estava triste,reparei.
[ ouvindo mp3...Beatles - "Yesterday" ]

Uma estória de atitude

Estórias...estórias e mais estórias e pronto.O problema é que eu tenho o hábito de assinar o que escrevo e assumir o que digo sem olhar a consequências. Como se calcula, isto só me traz dissabores,"deita-abaixo" nas minhas costas e por aí adiante e pasme-se...nenhum proveito.Não é que eu queira qualquer tipo de proveito ou qualquer evidência e muito menos ainda "mediatismo de trazer por casa".Enfim...coisas.
O meu problema é que cada vez mais "aturo"menos a mentira e a hipocrisia. Deixei, por exemplo, de ter paciência para quem diz uma coisa agora e logo outra, para quem pensa segundo as circunstâncias e as conveniências. A passagem dos anos "amenizou-me","amadureceu-me" e coisa ficou melhor no que respeita á "explosão de momento","batento" em tudo e todos á minha volta e sobretudo naqueles que não tinham nada a ver com nada do ou dos problemas,disto ou daquilo,por exemplo,os bons amigos...
Ainda há muito pouco tempo,comentava "esta matéria" com o meu compadre Lúcio...Claro que dizer em público o que penso é pôr-me a jeito para levar "porrada" pelo atrevimento de dizer ou escrever o que "vai aquidassim na mona".
Mudei de atitude...
E continuo a "aturar" cada vez menos a mentira e a hipocrisia...
E a levar "porrada"...
E...pronto.
[ ouvindo mp3...Bob Dylan - "Slow train coming" ]

quarta-feira, novembro 14, 2007

"Viajes"

Marão...A caminho de Valência de Alcântara...
[ ouvindo mp3...Scorpions - "You and I" ]

Isto é...Biscainho ( I )


Antiga Escola "Velha" do Biscainho.
Foi ali que fiz o Ciclo Preparatório com as professoras Ilda e Luísa Norte ( aquela pessoa amiga,que ficou desde aqueles tempos...ainda hoje,sempre que nos encontramos são tempos sem fim a desfiar boas recordações ) ; foi ali que eu,o Patoleia,o Hernâni,o "Custódito",o "Chico" João,o "Toninho" Cardoso,o "Chico Perêra" ( já falecido ),a "Mari" Adélia e a "Mari" Custódia,frequentamos o tal Ciclo...bons tempos.
Foi Escola Primária e foi sede da Junta de Freguesia...
Hoje a antiga Escola Velha,funciona como apoio ao Jardim de Infância do Biscainho...alindada,cuidada e com vedação nova,aí está ela sempre polivalente e a continuar de pé...A Antiga Escola "Velha" do Biscainho...
[ ouvindo mp3...Cat Stevens - "Remember" ]

Como dizia

Como dizia o amigo Pedro Rolo..."...entre o individualismo e a 'manada',pertenço a uma geração que não se entende,que não se junta,que não tem ligação entre o seu tempo e o seu modo de vida.É triste mas é a verdade de que esta é uma geração dos 'restos' de tanta coisa..."
[ ouvindo mp3...Jon Bon Jovi - "Always" ]

Uma (breve) estória sobre sondagens

Sondagens "são o que são",diz-se por "aidassim"...pois bem.
Em Portugal as sondagens e os estudos de opinião só são válidos,geralmente,quando nos agradam.Depois quando não estão de acordo com a nossa opinião "são o que são" e "valem o que valem"...é um "must",é um clássico que acaba por não tornar as empresas especializadas inpolutas,mas também acaba por não desculpar toda o "pessoal"...principalmente,os que são "inquiridos".
"São o que são ou valem o que valem"...só falta rematar com "no que respeita a esta matéria"...
[ ouvindo mp3...Scorpions - "Always somewhere" ]

sexta-feira, novembro 09, 2007

Bonito...


Dísticos a identificar os tipos de condutor."Arredem-se" para lá...
Boa...Bonito...
[ ouvindo mp3...Pink Floyd - "Time" ]

Lá estou eu no contra,não é? ( I )

Ontem na Ponte Vasco da Gama foi o bom e o bonito...Toca tudo a parar e a mostrar documentos dos carros e dos condutores e das cargas e sei lá que mais,tudo isto na hora de ponta de saída e depois...1500 contra-ordenações umas graves e outras muito graves e se calahr outras assim-assim e a senhora governadora civil de Setúbal a dizer para as televisões que aquele aparato todo,aquele transtrono todo e aquelas contra-ordenações todas...só tinham o fim de sensibilizar os condutores para a prevenção rodoviário...e entretanto ia dando uma estrelinha a cada condutor,sim porque como ela dizia...até estamos na época de Natal.
Tirando a hora a que foi e o transtorno para as pessoas de bem e dentro da Lei que "agarradas" no meio daquela confusão,a coisa está muito bem pensada.Também um transtornozito a pessoas de bem não faz mal,até porque essas pessoas,as de bem,já estão habituadas a ser incomodadas...pronto,lá estou sempre no contra,não é?
Boa malha.
Só é pena não "agarrarem" os "street-racers" da noite,mas isso...
[ ouvindo mp3...Phil Collins - "Against all odds" ]

Patti Smith


Peca por tardia a minha homenagem a esta grande Senhora...
No Coliseu em Lisboa,foi...foi...foi Patti Smith e pronto...e longe vão os anos em que eu ouvia e ouvia e ouvia e ouvia noite dentro as suas músicas...restaram alguns vinilos,a "coisa moderna" que é o mp3 e o Coliseu,em Lisboa.
Uma Senhora e pronto.
[ ouvindo mp3...Patti Smith - "Seventh heaven" ]

Ás vezes

Ás vezes apetece-me tratar "os burros pelos nomes".É verdade...
Na maioria das vezes não trato porque ainda tenho,eu e milhões de Portugueses,um bocado de vergonha.
Uma réstia de bom senso,uma pitada de pudor,uma dose de coragem,um quarto de esperança no futuro,muita desmoralização..."ardendo" em lume brando dentro de mim...faz no entanto que me reste o "bom senso definitivo" suficiente,para não me dizer aquilo que realmente devia dizer e,estou certo que muita,mas muita gente me acompanharia nas palavras que "disparasse"...
Ás vezes apetece-me tratar "os burros pelos nomes"...
Cobardemente,fico por aí...pelo apetecer.
Porque ainda me resta o tal "bom senso definitivo".
[ ouvindo mp3...Rolling Stones - "Start me up" ]

Ser pessimista

Portugal,o meu País está transformado "num amálgama de problemas".E depois,as pessoas que o transforam e se calhar eu também colaborei em vez de se envergonharem, ainda têm forças para distribuir mais promessas do mesmo...do mesmo NADA.Promessas vãs,a maioria delas que já se sabe não poderem ser cumpridas...ontem era um "horror",hoje "estamos melhor",mas afinal amanhã "ainda vai ser pior".
A construção desenfreada e a consequente falta de espaços verdes e de equipamentos culturais e de lazer, a insegurança nos centros urbanos, as deficiências no saneamento básico e a ausência de discussão pacífica e tolerante,temos é mais do mesmo...
E depois impera um quadro de desresponsabilização total de quem manda ou "acha" que manda.
Caimos "alidassim" no fundo e pronto.Ah sou pessimista,como dizia o meu amigo Balsa...
Sou pessimista e há razões para isso ou não...?
[ ouvindo mp3...Jethro Tull - "Living in the past" ]

Revistas...

Revistas e mais revistas.
Revistas prenhes de vulgaridade mas que se julgam na ante-câmara de serem revistas de "jet-set" ou similares...
Revistas com os mais variados nomes,apelativos á maioria das pessoas quer pelas "cusquices" quer por...por sei lá o quê...
Ele é um manancial de revistas na tal ante-câmara do "jet-set",revistas essas que não se inibem de dar aos leitores grandes "novidades" do tipo...a noiva não sei quantos aceitou casar com um milionário num show da televisão tirou a roupa para a "Playboy" e as fotos estão "lindas"... uma cantora de sucesso,cheia de discos de ouro e platina disse à revista não sei quantos que não é lésbica nem "essas merdas todas"...a não sei quê torceu o pé esquerdo e anda de muletas...uma modelo brasileira é mãe de um dos filhos do actor tal e, conseguiu que um tribunal de família aumentasse a pensão de alimentos desse mesmo filho...o actor super-premiado e etc e tal foi apanhado numa tabacaria a folhear uma revista porno enquanto telefonava à mulher...a manequim não sei do quêfoi vista em topless numa ilha exótica..e por aí adiante.
A verdade é que estas revistas vendem "que nem cornos" e quem não as compra como eu,não deixa de perder um tempinho a ver os destemperos que estão lá dentro...veja-se a revista "......",por exemplo...ah não sei quê essa revista é uma porcaria e etc e tal e eu não gosto desse tipo de literatura,e é verdade,mas alguns compram e a maioria dá uma vista de olhos...eu incluído...é assim e pronto e eu assumo.
Aquilo não tem "sumo" nenhum mas "a gente" gosta de virar as páginas...aliás eu até ando preocupado,porque acho que me transformei num "voyeur" de revistas pornográficas,não do tipo "Gina"....outra ex-libris da "literatura"...mas do tipo "......" e suas pares.
O que quero dizer é que,lá dentro dessas revistas "......" todas á sempre um consultório de "partir o talo" a rir,consultório esse que roça o pornográfico...com "artigos entusiasmantes" do tipo "...fiz um linguado com o meu namorado,será que estou grávida? "......",ajuda-me..." ou ainda melhor "...estou com a minha mulher e estou a pensar num amigo meu,será que sou homosexual...?" ou ainda "...ele estava ali de ###"@& a %#&"£## e eu £#?»#$...".
Ora bem,então as revistas "......." e restantes do género têm é pornografia...digo eu,mas é mentira com certeza! ...ou não?
Hmmm acho que é literatura e pronto.E eu sou um mal-dizente que as folheia a ler aquelas aberrações todas.Arre...cansei...
[ ouvindo mp3...The Sweet - "Turn it down" ]

"Ele há cada coisa..."

Não sou dessas coisas de acreditar viver várias vidas ; o certo é que também não sei se é assim ou não...se "vamos" e depois "voltamos" para voltar a viver...coisas.O que é certo para mim,pese embora,não saiba como é depois "de",mas não sou de acreditar nessas coisas e pronto.
Agora que há coincidências,se é que posso assim chamar,lá isso há...
"Praí" há um mês atrás,estava eu sentado numa sala com mais uma vintena de pessoas e uma mesa de quatro formadores,no caso formadoras e isso para o caso também pouco interessa,numa daquelas "coisas" modernas de certificação de competências ( e pasme-se há certificação de competências para tudo e mais alguma...mas isso são outras estórias ),quando entra a quinta pessoa da mesa de formação.
Numa intervenção que fiz "armado em sabe-tudo de formações",o meu olhar cruzou-se com o da pessoa que tinha entrado em última lugar para a mesa..."que Diabo,mas eu conheço aquela cara...conheço sim,mas de onde...",pensei eu,ao mesmo tempo que me pareceu ver no olhar dessa pessoa o mesmo "mas de onde é que conheço aquele..." ; por aí ficou...
Um mês depois,novamente presentes cara a cara a mesma sensação de "dejá vú"...
Até que acabamos por interromper a sessão para dizer um ao outro "...mas de onde nos conhecemos...essa cara não me é de todo estranha...de onde?...".Pergunta para aqui,pergunta para ali o que é verdade é que não chegamos a conclusão nenhuma ou seja,chegamos á conclusão de que não nos conheciamos mesmo...mas,curiosamente a sensação que tinhamos de nos conhecer,era mútua e continua certamente a "atormentar" cada um...
"...de onde? essa cara eu conheço,de onde?...".
Dizia ela "...eu não sou de acreditar em que vivemos várias vidas...mas isto é muito estranho,isso é...não nos conhecemos,mas não somos estranhos..." ; eu que quando passo a um sítio onde nunca estive e tenho por vezes a sensação de que "...eu já estive aqui...já,sim senhor...mas quando?..." pois eu também não sou de acreditar nisso e fiquei na mesma nesta situação "...lá que é estranho é...mas de onde é que a conheço...".
Viver várias vidas...reencarnar...hmmm não.
Tem que haver outra explicação qualquer,digo eu."Ele há cada coisa".
[ ouvindo mp3...Bruce Springsteen - Born to run" ]

segunda-feira, novembro 05, 2007

Sou burro.Não entendo.

É uma estória como tantas outras estórias e não sei mesmo se daqui a uma "parga" de anos não constará nos anais da História de Portugal,se a houver...digo eu.

Mais de 61,6 milhões de euros...61,6 milhões de euros é a verba que o Governo prevê gastar só em deslocações e estadas no próximo ano e que ultrapassa em cerca de dez milhões o montante orçamentado para este ano : 51,8 milhões..!

Isto é mesmo verdade ou é só mais uma parte da estória que irá fazer parte da História...

Pois bem,o Ministério do Ensino Superior, à semelhança do ano passado, será, surpreendentemente, o campeão nos gastos com deslocações e estadas, ao totalizar uma verba de mais de 12,4 milhões de euros..!

Em segundo lugar no ranking dos mais dispendiosos surge o Ministério da Saúde com 7,8 milhões de euros..!, seguido do Ministério da Defesa com 7,3 milhões de euros..!

A notícia não é minha...afinal quem seria eu para dar uma notícia destas...pois,um parvo qualquer.Sou um parvo qualquer a quem alguns amigos de há pouco tempo "desataram" a chamar de pretensioso,disto e daquilo,um parvo qualquer que escreve umas mer### sobre este Governo que tão bem governa,dizem eles...os meus amigos "rápidos".Enfim.

Voltando um pouco atrás...tantas deslocações e viagens..? Para..?

Bom,no Ensino Superior só se for para deslocações e estadas para avalizar os empréstimos aos estudantes...será..?

Na Defesa,não entendo e ponto final...ah já sei é para aparecerem de camuflado e óculos escuros em paradas militares sem fim,em voos de helicópteros e aviões russos,agora nossos...

Na Saúde,aí eu entendo sim senhor,tanto gasto em deslocações e estadas...é certamente derivado ao facto de se encerrarem centro de saúde e urgências e maternidades por esse País a fora e por isso mesmo,é preciso deslocar para dar força aos "coitados dos desemparados" e, é preciso fazer mais deslocações ainda para fugir...dessa corja de patifes que são os auxiliares de acção médica,os enfermeiros e os médicos,que querem á força um empregozito nos hospitais Portugueses e o senhor ministro acha que não...vá lá três meses,depois por sorte um ano e se quiseres mais...tens que concorrer ( deslocar ) para outra cidade ou terra ou lugar ou o "caraças"...

Pouco me interessa o que me hão-de chamar,os meus novos amigos e alguns velhos amigos,mas isto é o que acho e quando se refere a estes três ministérios..."passo-me"...

Não há dinheiro,não há dinheiro...temos que fazer contenção,temos que fazer mais um esforço diz aquele senhor de cabelo grisalho e depois...

...porra,depois "descamba" nisto.Dinheiro e mais dinheiro para deslocações e estadas.

Sou burro.Não entendo.

[ ouvindo mp3...Rolling Stones - "Jumpin' jack flash" ]

domingo, novembro 04, 2007

Da Irlanda...The Corrs


Quando "conheci" os The Corrs,gostei… aliás,ainda hoje gosto imenso.
A banda irlandesa,era formada por quatro irmãos, Jim, Caroline, Sharon e Andrea Corr , por isso o nome The Corrs.Fizeram bastante sucesso na década de 90, época em que foram lançados, e conseguiram ultrapassar a marca de 60 milhões de álbuns vendidos até hoje.O estilo musical era peculiar porque conseguiram mesclar o pop rock com a música tradicional irlandesa, incluindo instrumentos característicos como violino, flauta e percussão. O resultado foi um ritmo único e muito bom de ouvir, apesar do mérito maior ter ficado por parte da bela voz de Andrea, que já teve o prazer de cantar junto com , Bono dos U2.A banda interrompeu sua trajetória com os últimos trabalhos gravados em 2005 e seus integrantes experimentam novas opções em suas carreiras.
[ ouvindo mp3...The Corrs - "Lost night" ]

Halloween

Além das crianças (...que,tal qual acontece no Dia das Bruxas, ganham doces e bolinhos de quem as recebe...),pessoas também aproveitam os pães-por-Deus para mandar o equivalente ao "correio elegante" de algumas festas : mensagens de amor ou amizade devidamente endereçadas a quem lhes interessa. A origem dessa tradição está directamente ligada ao Dia de Todos os Santos,criado pela Igreja Católica com o objetivo de homenagear numa mesma data todos aqueles que foram canonizados,uma vez que o número de santos é bem superior aos 365 dias do ano, e também aqueles que tiveram condutas exemplares durante sua "vida terrena", em especial os cristãos martirizados por causa da sua fé.Nesta data, todos os santos intercederiam em favor dos pedidos e orações de seus fiéis.Entre os dias 31 de outubro e 2 de Novembro é celebrado, pois, o Samhain, rito pagão que marca o início de um novo ciclo. Reza a lenda que, neste período, demónios e espíritos dos mortos andam livremente pela Terra. O Halloween é a festa na qual os vivos se preparam para a chegada de fantasmas, preparando-se para enfrentá-los. Provém daí o costume das pessoas se fantasiarem no Dia das Bruxas : assim, os vivos seriam confundidos com os mortos e passariam incólumes pelos espíritos famintos. Na meia-noite do dia 2 de novembro, os falecidos retornam ao seu lugar. A data é reservada para que orações sejam oferecidas por todos aqueles que partiram : trata-se do que a Igreja Católica adaptou e rebatizou como o Dia de Finados.
Estive a estudar esta coisa do Halloween e deu nesta "prosa"...fiquei quase na mesma,porque nos meus tempos não havia este Halloween...só Carnaval...
Sou estúpido,pronto e,"dou a mão á palmatória" por ser...
[ ouvindo mp3...Moonspell - "Opium" ]

"Não","Sim" ou "Nim"

O "Não".O "Não" é uma boa palavra que só é derrotada pelo "Sim"e mesmo assim, não é em todos os momentos ; compõe frases positivas,frases que questionam,frases que são ás vezes demasiado directas,este "Não" pode ser forte mas também pode ser muito fraco...mas o que nunca deixa de ter é significado.
O "Sim" também é uma palavra boa que só é derrotada pelo "Não" e faz exactamente as mesmas frases,só que...com outro sentido.O "Sim" agrada sempre muito mais do que o triste "Não".
Agora,bom,bom mesmo é o "Nim",uma mistura "assolapada" das duas palavras ; o "Nim" fica-se pelo meio e "não é carne nem é peixe"...fica ali "Sim"..."Não"..."Não"..."Sim"...talvez,ora bem..."Nim" e,certas vezes substitui o "quem sabe". Não existe nada,nada melhor do que um talvez bem aplicado.Porque deixa sempre qualquer coisa no ar...deixa no ar um "Não" ou um "Sim" e imensas vezes é o próprio "Nim" que fica ainda mais no ar.
As pessoas ponderadas e indecisas têm três palavras boas para escolher...
[ ouvindo mp3...Prince - "Purple rain" ]


"Blog Powered" por BLOGGER.COM

"Blog Equiped" com HERACLEUM blog & web tools ; CBOX.ws ; ClokLink ; GEOLOC ; ShinyStat ; BRAVENET.com ; METEORED.com ; Altavista BABELFISH ; TOP-REFERERS ; ASK GAMBLERS ;

"Blog Template" por Douglas Bowman

"Blog Tunning" por Octavio Serrao AKA Fogareiro

"Blog Dedicated" ao meu filho MARCOS ANDRÉ e ao meu pai "MESTRE" JOAQUIM SANTOS

"Blog also Dedicated" a restante familia e melhores amigos

SCP.gif aac1.jpg